A misericórdia é grande, mas a penitência é braba!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Meme (TM)

Não entendo o porquê de colocar créditos em memes. O objetivo dos memes na internet é divulgar idéias e alegações, não mostrar seu charme e perspicácia pessoal, a não ser que você esteja começando carreira de comediante... Alguns dirão que é respeito ao direito autoral. Concordo. Mas eu me incomodaria se me negassem a autoria de um livro ou artigo, não algo que rigorosamente é uma foto com uma legenda engraçadinha ou venenosa. É muito pouco. 

Que o meme se multiplique descontroladamente, que outras páginas o publiquem desenfreadamente, e o que eu posto aqui na minha página que se grite nos telhados!!! Além do mais, como diria aquele pensador, "o estilo é o homem". Eu não preciso assinar nada. O jeito que eu escrevo é minha assinatura já.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Rezem por um amigo

Deus lo Vult  via Facebook - Atenção, peço a todos o sacrifício de alguns minutos para rezarem (ao menos um Pater e uma Ave-Maria!) pelo Carlos Ramalhete.

Tudo o que sei é que ele sofreu um acidente de moto - um grave acidente - na noite de ontem (SEG, 21 de julho), passou por uma cirurgia e se encontra internado.

[P.S.: gente, o estado dele é MUITO grave. Sofreu queimaduras de terceiro grau, está sujeito a infecções, segue internado, ainda portanto com RISCO DE VIDA. Redobrem, por caridade, as orações por esse pobre pecador. Que o Altíssimo lhe tenha misericórdia.] 

Que o bom Deus saiba aproveitar os sofrimentos d'Ele, que a Santíssima Virgem os abrevie e o ajude a suportá-los.

Pater noster...

Ave Maria...

https://www.facebook.com/deuslovult/posts/709581982446081?fref=nf

Realpolitik na Palestina

O governo de Israel e seus aliados não são exatamente um capítulo da Ordem Carmelita. Mas não é por isso que a população de Israel, judeus e cristãos, merece levar bomba na cabeça do Hamas, esse mesmo Hamas que fuzilou seus aliados muçulmanos moderados da Fatah na Faixa de Gaza. Quando um não quer, dois não brigam. O Hamas quer briga. E briga ele deve ter.

Mosul, no Iraque, sede de uma igreja católica antiga como a caldaica, está livre de cristãos. Israel, perto do estado em que estão Iraque, Síria e Nigéria, é a antesala do Paraíso. Perguntem a qualquer um destes cristãos perseguidos se não estaria feliz e em paz em Jericó, Jerusalém e Hebron... Observem que eu não estou nem discutindo a questão da ligação entre os cristãos e os judeus (pelo menos os pré-talmúdicos) mas é pura realpolitik: quem nos persegue? É o Hamas com seus aliados ou o governo de Israel? A escolha é simples.

Agora, você pode falar a vontade de paz com o Mammoud Abbas da Fatah, que controla a Faixa de Gaza tanto quanto eu controlo a órbita de Marte. Pode levá-lo ao Vaticano, andar nos jardins, até rezar para Allah com ele neste mesmo Vaticano que já foi atacado pelos muçulmanos no passado, esta religião de paz, como disse o bunda-mole do Barack Hussein Obama. Falta só combinar a paz com o Hamas... E acreditem, se pudesse, o Hamas faria com o Vaticano o que faria com Israel. É que Israel vem primeiro na lista. É uma questão de História: Primeiro pegam Israel, depois pegam a Igreja... O Hamas, lógico. Já seus aliados, como a Al Qaeda, Boko Haram, Estados Islâmicos da Siria-Iraque, Al Nusra, Irmandade Muçulmana, Brigada dos Mártires de Al Aqsa já pegam a Igreja todos dia... E pegam de jeito... vejam a limpeza que tem sido na Nigéria, Iraque, Síria e Egito...

É por isso que quando vejo um católico falando da "ameaça sionista" tenho vontade de vomitar. Vai ser tolo assim lá em Mosul! A propósito, todas as esquerdas são contra Israel... hum... cui bono?

terça-feira, 22 de julho de 2014

FEBEAICA - Festival de Besteiras que Assolam a Igreja católica III

Teresa não está feliz!!!
Esta foi mandada por um leitor: 

Num famoso santuário altamente protestantizado de uma famosa diocese da Grande São Paulo, o monsenhor proibiu bebidas alcóolicas na quermesse da festa junina, porque álcool é vício então necessariamente é mau. Nada de quentão nem vinho quente!

Virtude da temperança nada!

Logicamente Jesus Cristo pecou, porque se de acordo com tal monsenhor o álcool é intrinsecamente ruim, nas bodas de Caná Jesus deu matéria ilegal para os convidados, transformando água em vinho. 

Meu bom dia vai para você, monsenhor hipócrita, que proibiu quentão e vinho quente na quermesse do Santuário, porque álcool é ruim, e não vê contradição alguma com a matéria da consagração ser vinho forçosamente fermentado sem aditivos ou modificações. Que Santa Teresinha, da qual falsamente te dizes devoto, te dê juízo!

***

Leitores, mandem suas contribuições paroquiais para o FEBEAICA (TM) -  Festival de Besteiras que Assolam a Igreja católica

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Recomendações de leitura neste dia de São Lourenço de Brindisi

Aluisio Amorim - (...)  Todos os dias por dever profissional tenho que analisar o que rola nos jornalões. E só mesmo se o dia tivesse 90 horas, seria capaz de produzir todas as análises e comentários necessários para denunciar a manobra espúria, criminosa mesmo, que o jornalismo vem cometendo. Além da maioria dos textos serem de primarismo atroz, revelam o que se passa no cérebro da maioria dos jornalistas. Os danados patinam no pensamento politicamente correto quando não mentem de forma capciosa ou induzem os leitores e telespectadores a uma interpretação enviezada dos fatos em proveito de determinado objetivo político. No caso, os interesses do movimento do já denominado "neo-comunismo", ou "socialismo do século XXI", cuja estratégia de dominação acontece no âmbito da cultura e por isso a mídia é o instrumento principal.

O fato é aquilo que é. O ser e o dever ser pertencem a universos diferentes. Os fatos são objetivamente o que está ocorrendo num fluir continuo de acontecimentos e suas conexões dentro de uma grande malha que interliga ações relações sociais. Extrair a conexão de sentido de determinada ação social é dever da sociologia verdadeira e do jornalismo comprometido com a verdade. O contrário disso chama-se ideologia. 

Nestes últimos ocorreram uma sucessão de acontecimentos significativos que comprovam o que acabei de afirmar. Refiro-me por exemplo, à reação de Israel ao ataque dos psicopatas do Hamas, o grupo terrorista islâmico que pretende varrer Israel do mapa. Toda a grande imprensa faz, de forma criminosa e impune sob o manto dos vagabundos da ONU, a lavagem cerebral de leitores e telespectadores ao imputar aos judeus a culpa de todos os infortúnios, quando na verdade o Estado de Israel é a vítima sob o assédio constante de foguetes e, mais recentemente, até de drones lançados pelo Hamas contra civis. (...)

***

Perseguição petista ao Silas Malafaia usando a Receita - Via Rodrigo Constantino. Cabe aqui aquele poema de Niemoller. Se eu não ligar para uma injustiça cometida contra um pastor evangélico, um dia fazem uma injustiça contra um bispo católico e não há quem possa impedir. 

***

Último - e genial - texto de João Ubaldo Ribeiro ironizando a lei da Palmada, também no Rodrigo Constantino: 

(...) Ainda é cedo para avaliar a chamada lei da palmada, mas tenho certeza de que, protegendo as nossas crianças, ela se tornará um exemplo para o mundo. Pelo que eu sei, se o pai der umas palmadas no filho, pode ser denunciado à polícia e até preso. Mas, antes disso, é intimado a fazer uma consulta ou tratamento psicológico. Se, ainda assim, persistir em seu comportamento delituoso, não só vai preso mesmo, como a criança é entregue aos cuidados de uma instituição que cuidará dela exemplarmente, livre de um pai cruel e de uma mãe cúmplice. Pai na cadeia e mãe proibida de vê-la, educada por profissionais especializados e dedicados, a criança crescerá para tornar-se um cidadão modelo. E a lei certamente se aperfeiçoará com a prática, tornando-se mais abrangente. Para citar uma circunstância em que o aperfeiçoamento é indispensável, lembremos que a tortura física, seja lá em que hedionda forma — chinelada, cascudo, beliscão, puxão de orelha, quiçá um piparote —, muitas vezes não é tão séria quanto a tortura psicológica. Que terríveis sensações não terá a criança, ao ver o pai de cara amarrada ou irritado? E os pais discutindo e até brigando? O egoísmo dos pais, prejudicando a criança dessa maneira desumana, tem que ser coibido, nada de aborrecimentos ou brigas em casa, a criança não tem nada a ver com os problemas dos adultos, polícia neles. (...)

***

Ceticismo político - (...) Na busca de doutrinas e comportamentos que sejam entraves à civilização (que seria alegadamente a proposta inicial de Sam Harris), uma visão mais holística nos leva inexoravelmente a outra conclusão: a culpa pelos homens-bomba não é "da religião", mas de discursos de ódio, que vez por outra foram vendidos junto com religiões. Mas também podem estar embutidos principalmente em discursos políticos. (...) Decerto que seria irracional falar que apenas os esquerdistas – assim como seus gêmeos comportamentais, os fundamentalistas islâmicos – são usuários de discursos de ódio. Todavia, ninguém há de negar que os discursos da esquerda (especialmente os da extrema-esquerda) e demais discursos revolucionários da história recente são baseados em discursos de ódio. Esse é uma das maiores chagas do esquerdismo: sem discursos de ódio em mãos, eles se reduzem a nada.
Seguem os componentes principais deste tipo de discurso:

1 -apresentação de um bode expiatório
2 - lançamentos de culpas (mesmo inventadas) sobre este bode expiatório
3 -fornecimento de justificação moral, mesmo que seja cínica ou ilógica, para justificar qualquer coisa que for feita contra este bode expiatório
4 - transferência de culpa (ao bode expiatório) até mesmo das barbáries que forem cometidas contra ele
5 - alta capacidade de dissimulação para que seu discurso seja "aceito" até mesmo por suas potenciais vítimas
6 - após todos esses elementos adicionados na receita, convocação ao barbarismo contra o oponente (...)

***

JR Guzzo - (...) Como resultado da pressão neurótica aplicada ao futebol pelos meios de comunicação e pelo noticiário esportivo, autoridades públicas, políticos em geral, departamentos de marketing de grandes empresas, agências de publicidade e interesses econômicos que envolvem bilhões de dólares, constrói-se sistematicamente no Brasil um ambiente artificial de histeria que contamina a sociedade quase inteira, quando se trata de futebol e de Copa do Mundo. Assim ficam estabelecidas exclusivamente duas possibilidades, ambas falsas: a vitória que transforma a nação num paraíso de coragem, competência e superioridade sobre todos os demais povos do mundo; ou, então, a derrota que nos reduz ao pó, com vergonha, choro e ranger de dentes. (...)

Não é triste estar triste

Parem com este culto idólatra da felicidade! É OK estar triste de vez em quando, e grandes más notícias geram grandes tristezas mesmo. Não se sinta mal por estar mal, até os velhos salmistas diziam "minha alma está abatida". Patologia é estar deprimido a todo tempo, não de vez em quando. E não corram para tentar curar a tristeza como se fosse uma infecção ou dor de cabeça: encher a cara só trará ressaca, comer doces trará obesidade, tomar remédio dá efeitos psíquicos colaterais. Se ficar chateado "somatizasse" mesmo, teríamos um câncer por semana. Também não se puna com "a culpa é minha por ter escolhido estar triste", está ai algo que é mais fácil falar que fazer. Deus é um bom refrigério para a tristeza, mas não procurem a Deus como antidepressivo sobrenatural, a alegria divina é profunda demais para servir de pílula de alívio imediato.

Coisas ruins acontecem e nos abatem. Somos homens vulneráveis, não deuses olímpicos.

Apenas... se entristeça em seu silêncio... Ela passará.

domingo, 20 de julho de 2014

Hamas revela arma contra Israel ou Jequisse neopentecostal


Duvidam??? Vejam o vídeo.

Não deixa de ser um testemunho ao artificialismo evangélico. Rabinos nunca pisaram no Templo de Salomão. No Templo de Neemias, talvez, mas nunca no de Salomão, que era servido por levitas. Mas esse cara nunca colocaria um levita. Até porque eles usavam MITRA, que é o que os bispos cristãos, os de verdade, usam!!! Colocaram uns obreiros coiós com túnica branca e chamaram de levitas. Só se eles levitarem, porque da pobre tribo dos filhos de Levi, a tribo sem terras, eles não tem nada, são sim estagiários de pastores, estes novos saduceus!

No Facebook, um de meus comentaristas definiu com precisão os trajes de Macedo: "Jequisse"

***

Mas não se iluda, Macedo. O templo-mor do Senhor nas terras paulistanas continua sendo este aqui, e é aqui onde o Senhor verdadeiramente habita:


E com uma diferença: A menor das capelas católicas tem uma honra que o Templo de Salomão em toda sua glória nunca teve, a presença verdadeira e literal do Senhor na Eucaristia.